A emissão de gases tóxicos por veículos automotores é a maior fonte de poluição atmosférica nas grandes cidades, sendo responsável por até 40% da poluição do ar, provocada por gases.

O problema se agrava com o crescimento do número de veículos nas ruas - só no Brasil, já são mais de 14 milhões. A área mais urbanizada da Região Metropolitana de São Paulo, está saturada pelos 4,5 milhões de veículos que circulam diariamente. Este número elevado de veículos provoca a diminuição da velocidade média de percurso, o que acarreta no aumento da emissão de gases, para a mesma quilometragem percorrida. Em conseqüência, as concentrações de monóxido de carbono excedem o padrão de qualidade do ar.

Os gases emitidos por um automóvel catalisado, são compostos em 99% de elementos inofensivos e apenas 1% de parcelas nocivas.

Dentro do sistema de exaustão de um veículo é possível que seja liberado muito monóxido de carbono, que é resultado da queima incompleta do combustível. Tal gás atua no sangue, reduzindo a oxigenação. Da mesma forma, o óxido de nitrogênio e os hidrocarbonetos podem ser prejudiciais à saúde.

Considerando que a emissão de gases e fumaça contribuem para a contínua degradação da qualidade do ar, o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) estabeleceu limites máximos para emissão de gases provenientes da queima de combustíveis do motor, expelidos pelo escapamento.

.
A Solução

Com o objetivo de reduzir a emissão de gases poluentes, a Scape Total investe fortemente na aquisição de novas tecnologias que visam inibir a ação nociva de agentes poluentes. Todos os modelos de escapamentos seguem as normas do Conselho Nacional do Meio Ambiente e contém catalisadores, que são dispositivos capazes de reduzir em até 95% a emissão de gases nocivos à saúde.

O catalisador é uma inovação tecnológica que ajuda a combater a poluição do ar, preservando o meio ambiente e melhorando a sua qualidade de vida.
.

   Em peruas ou carros hatch, andar com a terceira ou quinta porta aberta, ou seja, a porta do porta-malas, é muito perigoso. A aerodinâmica da região traseira forma uma zona de baixa pressão e os gases queimados, lançados pela própria localização do silencioso traseiro, retornam ao interior do carro pelo vão do porta-malas.